Como Escolher uma Corretora de Valores

0 144

Vejamos quais parâmetros são fundamentais para uma boa avaliação.

Saber como escolher uma corretora de valores é importante, tendo em mente de que não há a melhor corretora. Porque cada uma delas tem suas vantagens e desvantagens.

Pois bem, o que você precisa, é entender quais pontos são importantes para você e, a partir daí, fazer uma escolha baseada em critérios.

Siga O Mentor Financeiro no Instagram e no YouTube

Para te ajudar, separei alguns que julgo serem relevantes.

Onde encontrar corretoras de valores

Antes de mais nada, onde encontramos as corretoras de valores disponíveis?

No site da própria B3, disponibilizado nesse link, há uma relação das corretoras habilitadas para operação.

Você consegue realizar um filtro pelos serviços prestados, o que facilita na busca.

Dica: fuja das corretoras de bancos.

Apesar de muitas vezes ser mais prático, corretoras dos grandes bancos costumam ser bem caras e, as chances de se misturar dinheiro do dia a dia com seus investimentos é enorme.

Custos Operacionais

Hoje, está na moda corretoras que não cobram nada dos seus clientes.

Entretanto, sabemos que não existe almoço grátis, não é mesmo? A qualidade do serviço provavelmente não é a mesma dos planos pagos.

Pensando nisso, vamos entender quais são os custos operacionais que podem incidir sobre as suas negociações, para que você consiga decidir se vale a pena ou não pagar por eles.

Custos operacionais - Nota de Corretagem
Custos operacionais – Nota de Corretagem

Como podemos ver na imagem acima, para negociação em bolsa existem 3 grupos de custos, CBLC, Bovespa / Soma e Corretagem.

E, há ainda a cobrança de IIS e /ou IRRF, que podem ou não ocorrer dado algumas regras tributárias.

CBLC

Ao negociar ativos em bolsa, seus transações não são imediatas, existe um período para que os papéis transfiram de “mãos”. Esse processo é a liquidação, que é onde de fato as ações passam/deixam de estar em seu nome.

Após a liquidação, os papéis são custodiados pela CBLC em nome do proprietário.

Nesses dois processos incidem custos, sendo que a custódia pode ser isenta pela corretora, já a liquidação é uma taxa da CBLC cobrada percentualmente sobre o total movimentado.

Bovespa / Soma

Nesse grupo temos os custos cobrados pelas bolsas de valores sobre as negociações e, também, é incide no total movimentado.

Corretagem

É a taxa cobrada pelas corretoras para realizar executar as operações em seu nome. Até pouco tempo atrás, era a de maior relevância nas negociações.

E, com o aumento da concorrência no setor, muitas empresas passaram a isentar ou reduzir a corretagem para alguns ou até mesmo todas as operações.

No gráfico abaixo temos um comparativo entre duas corretoras.

Comparativo de custos de corretoras
Comparativo de custos de corretoras

Na Corretora A não é cobrada custódia e sua corretagem é de R$ 4 por negociação. Já na Corretora B, é cobrada uma custódia de R$ 40, além de uma corretagem de R$ 2.

Como podemos observar, até um certo ponto, a Corretora A é mais vantajosa financeiramente do que a B. Portanto, é preciso analisar cada caso, pois dependendo do perfil do investidor uma corretora pode ser melhor que outra.

Algumas corretoras, inclusive, oferecem planos e pacotes para investidores que realizam muitas operações.

Verifique os Serviços e Ferramentas Oferecidos

Corretoras com custos mais altos, tendem a oferecer serviços adicionais a seus clientes. Alguns recursos que podem ser do seu interesse são:

  • Home broker (facilidade de uso, recursos, velocidades, etc.)
  • Ferramentas de análise gráfica
  • Acompanhamento do trade ao vivo
  • Fórum/comunidade de discussão
  • Aplicativo mobile
  • Calculadora de IR
  • Relatórios de análises de mercado
  • Recomendações de investimento (personalizadas ou não)
  • Cursos, palestras, etc.

Novamente, cada investidor tem um perfil, portanto cabe a cada um avaliar quais benefícios fazem sentido pelo valor pago.

Atendimento ao cliente

Infelizmente, esse é um ponto bastante negligenciado e postergado até o momento que realmente precisamos de falar com a corretora.

É bastante recomendado que você valide antes os canais disponíveis para atendimento, bem como os horários.

Se possível, tente realizar um contato para tirar dúvidas e validar se está dentro do esperado.


Espero que esses pontos lhe ajude na escolha de sua corretora. Deixe seu comentário e/ou dúvidas abaixo.

Bons investimentos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.