Como poupar com o Método dos Potes

0 56

Muitas vezes é complicado manter nosso orçamento em dia, principalmente se organização não é nosso ponto forte.

Mas fique tranquilo, existem diversas técnicas e métodos que podem nos auxiliar nessa tarefa.

Um bem famoso é o Método dos Potes. Que consiste em separar cada tipo de necessidade financeira em um pote específico.

Obviamente, os potes são apenas uma analogia para facilitar o entendimento e aplicação do método.

1º Pote – Necessidades Básicas 55%

Esse é o pote que dos gastos diários e/ou despesas fixas, ou seja, recorrentes do seu orçamento, tais como: aluguel, energia, alimentação etc.

É o pote das “obrigações”, são custos que você pode buscar diminuí-los mas dificilmente conseguirá eliminá-los.

2º Pote – Lazer e Entretenimento 10%

Todos nós precisamos nos distrair, relaxar a mente e o corpo, recarregar as baterias.

Nesse pote estão aquele barzinho com amigos, uma viagem de feriado, um cinema no fim de semana.

3º Pote – Poupança 10%

Talvez esse seja o pote mais importante, pois se você quer ter tranquilidade no futuro, precisa começar hoje a poupar.

É nele que você irá separar seu dinheiro para acúmulo de patrimônio no longo prazo, sua “aposentadoria”.

O objetivo é simples, gerar renda passiva visando a independência financeira.

4º Pote – Educação 10%

Benjamin Franklin já dizia: “Investir em conhecimento rende sempre os melhores juros”.

O dinheiro desse pote destina-se ao desenvolvimento pessoal. Evolua sua inteligência financeira e potencialize o crescimento do seu patrimônio.

5º Pote – Aquisições 10%

Muitos bens de consumo possuem um valor elevado para serem adquiridos no curto prazo sem comprometer as finanças.

Por isso, é importante separar uma quantia para comprar um carro, uma casa ou qualquer outro bem sem se endividar.

Evitar financiamentos através de planejamento pode lhe economizar muito dinheiro.

6º Pote – Caridade e Presentes 5%

Não deixa que datas importantes passem em branco, presenteie as pessoas que lhe são queridas e importantes na sua vida.

E, sempre que possível, devolva para a sociedade parte do que você ganhou. Realizar a caridade e a filantropia é uma ótima forma de se sentir útil em seu ambiente social.

Agora é com você

Essa técnica, apesar de bem simples, pode ser bastante efetiva se feita com disciplina.

As distribuições percentuais apresentadas são apenas ilustrativas. Portanto, avalie seu estilo de vida e defina o que faz sentido para o seu caso.

Quer mais informações de como melhorar suas finanças? Leia nosso artigo sobre quatro dicas para a saúde financeira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.