PIB do Brasil despenca 9,7% no 2º tri

0 80
A expectativa de forte queda do PIB se confirma, com a maior retração da série histórica iniciada em 1996

Em dados divulgados nesta terça-feira (1) pelo IBGE, o PIB do Brasil sofreu uma queda de 9,7% em comparação ao primeiro trimestre de 2020.

Em relação a igual período do ano de 2019, a variação foi de 11,4% negativos. Sendo assim, no comparativo anual da série, a maior redução já registrada.

Siga O Mentor Financeiro no Instagram e no YouTube

O IBGE fez também uma revisão do PIB do primeiro trimestre, onde antes tínhamos uma de queda de 1,5%, agora foi revisado para 2,5%.

Desempenho do PIB nos setores

Na comparação trimestral, dentre os destaques na queda, vemos a indústria (-12,3%), seguida por serviços (-9,7%).

Onde, para o setor industrial temos: indústrias de transformação (-17,5%); construção (-5,7%); eletricidade, gás, água etc (-4,4%) e; indústrias extrativas (-1,1%).

Para o setor de serviços, observam-se: outras atividades de serviços (-19,8%); transporte, armazenagem e correio (-19,3%) e; comércio (-13,0%).

Já na mão contrária, a agropecuária apresentou variação positiva de 0,4%.


Para mais informações, siga-nos em nossas redes sociais.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.