A Importância dos Aportes Constantes (NÃO ESPERE)

0 207
A tentativa de encontrar o melhor momento pode deixar você de fora de grandes oportunidades.

No início da sua trajetória como investidor, a importância dos aportes constantes de forma disciplinada é significativa para um bom resultado no longo prazo.

Nesse artigo, vamos lhe mostrar de forma simples o porquê de dar mais atenção aos seus aportes.

Caso prefira, temos também o vídeo abaixo no YouTube.

A primeira década de aportes constantes

Numa simulação de investimentos, onde são aportados R$ 1000,00 mensais a uma taxa de 8% ao ano, são necessários 26 anos para atingir o tão sonhado primeiro R$ 1 milhão.

Na imagem abaixo, podemos analisar com mais detalhes, como os aportes são uma parcela importante do seu patrimônio dentro da primeira década de investimentos.

Distribuição porcentagem de aportes e juros no total do patrimônio
Distribuição porcentagem de aportes e juros no total do patrimônio

Mesmo no final desse período, o valor do aporte representa mais do que 0,5% do patrimônio total que chega a R$ 181.269,00.

Assim, vemos que o investidor comprometido com uma alocação regular terá vantagem sobre o investidor desleixado. Ainda que este consiga uma rentabilidade um pouco melhor, pois o montante total do primeiro tende a ser maior.

Aportes com taxa de crescimento anual

Agora, vamos imaginar que você queira melhorar seu valor aportado em 5% todos os anos, ou seja, no segundo ano passa a ser R$ 1050,00, no terceiro R$ 1102,50 e assim por diante.

Nesse caso, você conseguiria adiantar seu primeiro milhão em quase 5 anos. Veja abaixo a nova composição.

Distribuição porcentagem de aportes e juros no total do patrimônio com taxa de reajuste anual
Distribuição porcentagem de aportes e juros no total do patrimônio com taxa de reajuste anual

Balanceamento via aportes

Outro detalhe muito importante que essa simulação ajuda a perceber é que, utilizar a estratégia de balancear por aportes faz bastante sentido, principalmente no início.

Isso te ajuda em dois pontos. O primeiro que você não precisa vendar nada e, o segundo, que se você não vende não há impostos (não é para todos os casos).


Por fim, aproveite para seguir as nossas redes sociais e clique nesse link para acompanhar as novidades do Mentor Financeiro!

Não deixe de participar do nosso grupo do Telegram!

Bons investimentos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More